Tornar o Natal completo

Porque celebramos o nascimento de Jesus de forma tão diferente de outros aniversários? Quando chega a altura de celebrarmos alguma personagem histórica que tenha um dia designado para eles, não pensamos neles como bebés. Lembramo-los pelas suas contribuições como adultos.

Contudo, é próprio celebrarmos Jesus como criança. Pensemos um pouco. Quando Ele nasceu, pastores vieram para O honrar (Lucas 2:15,16). Posteriormente, Homens Sábios vieram do Oriente trazendo-Lhe oferendas (Mateus 2:8-12). Estas pessoas, possivelmente não tinham sequer uma ideia do que Jesus eventualmente alcançaria como adulto. Mas estavam certos ao fazerem o que fizeram, porque o nascimento de Jesus foi o evento mais marcante da história humana.

Que espantoso! Deus em forma humana. O Criador do universo visitando este planeta. Nunca hesitemos em celebrar o menino no Natal. Maravilhem-se pela Sua incarnação. Reverenciem o bebé que criou os Seus adoradores. Depois, espantem-se porque a história fica ainda melhor. Este bebé cresceu, viveu uma vida perfeita, e dispôs-se a morrer pelos meus e teus pecados.

Celebremos o bebé e confiemos no Salvador. É isso que torna o Natal completo.

 

Sobre nós

Uma Igreja família que frutifica e implanta o Reino de Deus.

Agenda

Galeria

team1
team2
team3
team4
team5
team6
team7
team8
team9
Back to Top